• Saiba quanto os candidatos já gastaram na campanha

  • Coleta de embalagens vazias

  • O desafio das pedras portuguesas

  • Trânsito muda no cruzamento de alto risco

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 1 Saiba quanto os candidatos já gastaram na campanha
  • 2 Coleta de embalagens vazias
  • 3 O desafio das pedras portuguesas
  • 4 Trânsito muda no cruzamento de alto risco
  • 5 Pit bull morde o rosto de cantora para defender a dona
  • 6 Com 11 registros nos últimos meses, ANZ é campeã de acidentes
  • 7 Transporte de galhos e entulho gera questionamento
  • 8 Ofensiva contra o Aedes aegypti
  • 9 Dando seguimento ao desmonte, Estado desativa laboratório do NGA
  • Saiba quanto os candidatos já gastaram na campanha

     

    Com os recursos da internet e da comunicação em alta velocidade, as informações chegam rápido ao conhecimento público. Consultando o site oficial é possível saber, por exemplo, quanto cada candidato gastou na campanha até o momento.
    Nestas eleições, o TSE estabeleceu um limite de gastos para cada candidato com base na eleição de 2012. Em Lins, o teto para os candidatos a prefeito é de R$ 186 mil. Até as 14 horas de ontem, quem mais havia recebido recursos para a Campanha era o candidato Rogério Câmara, R$ 68,7 mil, e quem mais tinha gastado era o candidato Edgar de Souza, R$ 66,1 mil.

    Matéria completa na edição impressa.

    Leia Mais
  • Coleta de embalagens vazias

    Cerca de 200 pequenos produtores entregaram embalagens de agroquímicos para o caminhão itinerante que esteve em Lins e no Guapiranga na terça-feira e ontem. O caminhão é de uma empresa especializada no descarte sustentável desse material, sediada em Bilac. “O objetivo é ajudá-los a cumprir duas coisas distintas: uma é a lei e outra é o compromisso de cidadania para com o meio ambiente, porque são embalagens plásticas com resíduo tóxico”, disse o engenheiro agrônomo Salvador Rossato, que há mais de dez anos organiza a campanha no mês de setembro.

    Matéria completa na edição impressa.

    Foto: Emerson Secco

    Leia Mais
  • O desafio das pedras portuguesas

    A restauração dos calçamentos de pedras portuguesas tem sido um problema para a Prefeitura, que alega não ter mão de obra qualificada para o serviço e nem gente suficiente para fazê-lo. Na semana passada, o Debate presenciou um servidor municipal assentando pedras no calçadão, onde há vários pontos em que elas estão soltas.
    Recentemente, a Prefeitura abriu licitação para contratar uma empresa especializada, mas ninguém se interessou. A licitação deu deserta. A intenção era restaurar a Praça Dom Henrique Mourão, danificada há anos, e o calçadão Tancredo Neves.

    Matéria completa na edição impressa.

    Foto: Emerson Secco

    Leia Mais
  • Trânsito muda no cruzamento de alto risco

    A gerência de Trânsito da Prefeitura deu início às mudanças no cruzamento da avenida Nicolau Zarvos com as ruas General Osório e José Antunes da Silveira.
    A medida visa reduzir o número de acidentes no local, considerado o de maior incidência na cidade e com registro de morte.
    Na semana passada, uma jovem de 20 anos trafegava pela avenida com uma Biz e foi atingida por um veículo que cruzou a avenida. O motorista fugiu. A jovem sofreu fratura de fêmur e joelho.
    A rua General Osório passa a ser mão única de direção. Segundo o gerente de Trânsito, José Gonçalves Cintra Neto, as mudanças objetivam diminuir o número de impactos no cruzamento. Outra novidade será a proibição do retorno de caminhões. Os motoristas devem ficar atentos até se acostumarem as alterações.

    Foto: Divulgação

    Leia Mais
  • Pit bull morde o rosto de cantora para defender a dona

    Uma cantora de 51 anos foi mordida no rosto por uma cachorra Pit bull e sofreu grave ferimento no olho esquerdo.
    A cantora, contratada para animar a festa de aniversário da filha da dona do animal, é suspeita de ter se apropriado de um aparelho celular.
    Ferida, a mulher foi levada à Santa Casa e depois transferida para Bauru. Antes do ataque do cão, a Polícia Militar havia estado na casa para atender a um chamado sobre furto de celular, chegou a ouvir a suspeita, mas ela negou. O caso foi registrado como apropriação indébita e lesão corporal.

    Leia Mais
  • Com 11 registros nos últimos meses, ANZ é campeã de acidentes

    Dois acidentes relatados pelo Debate em sua edição de domingo engrossaram as estatísticas da avenida Nicolau Zarvos, a campeã negativa do trânsito local.
    Ontem, no lançamento da Semana Nacional de Trânsito, o gerente de Trânsito da Prefeitura, José Gonçalves Cintra Neto, falou sobre o assunto e anunciou mudanças na sinalização da avenida Nicolau Zarvos, principalmente no cruzamento com as ruas General Osório e José Antunes da Silveira. O local detém o maior índice de acidentes da cidade, com onze registros nos últimos meses. “Na rotatória não tem o que melhorar. Nós temos projeto para colocar semáforo, mas depende de recursos. Os dois acidentes ocorreram por pura imprudência dos motoristas, tanto que um (do cruzamento na rua General Osório) fugiu. Imprudência e falta de responsabilidade”, declarou.

    Matéria completa na edição impressa.

    Foto: Emerson Secco

    Leia Mais
  • Transporte de galhos e entulho gera questionamento

    Um leitor do Debate enviou fotos à redação mostrando cenas preocupantes quanto ao excesso de carga de galhos nos caminhões e veículos de menor porte que realizam transporte na cidade. Uma cena flagrada no Jardim União mostra uma Saveiro (veículo particular) abarrotada de galhos. O alerta é quanto ao risco de acidentes e também de danificar carros estacionados ou em trânsito.
    Outro apontamento diz respeito ao transporte de entulho por empresa contratada pela Prefeitura que não protege a carga. Assim, com o movimento vai caindo entulho pela rua.

    Foto: Divulgação

    Leia Mais
  • Ofensiva contra o Aedes aegypti

    Começou ontem uma nova ofensiva contra o avanço do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, no próximo verão. Trata-se da terceira fase da campanha estadual “Todos juntos contra o Aedes aegypti”, que contará com quase 20 mil agentes municipais e estaduais em atuação por todo o Estado. Em 551 cidades paulistas 30,2 mil profissionais farão atividades extras aos sábados, visitando imóveis e removendo criadouros. Os agentes serão remunerados pela Secretaria de Estado da Saúde com base em convênios firmados com as prefeituras que prevê o pagamento de diárias extras no valor de R$ 120,00 por profissional.

    Matéria completa na edição impressa.

    Foto: Divulgação

    Leia Mais
  • Dando seguimento ao desmonte, Estado desativa laboratório do NGA

    O único e último Núcleo de Gestão Ambulatorial (NGA) ainda aberto no Estado sofreu mais um golpe no longo e doloroso processo de desmonte – o laboratório foi fechado há algumas semanas e o assunto entrou na pauta do Conselho Municipal de Saúde (CMS). Na verdade, a medida não afeta Lins, pois a Prefeitura há muito já deixou de utilizar os serviços, mas algumas cidades da região ainda se serviam do NGA, especialmente Getulina, notadamente a Penitenciária Osíres Souza e Silva, Cafelândia e Guaiçara.
    O principal motivo da desativação foi estrutural, uma vez que o Estado abandonou completamente a manutenção do prédio e, por isso, não conseguia mais os laudos da Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros.
    Há pelo menos 15 anos, Prefeitura e Estado discutem os termos da municipalização do NGA, mas ainda não chegaram a um acordo sobre as responsabilidades sobre a manutenção do prédio e o destino dos funcionários.

    Matéria completa na edição impressa.

    Foto: Emerson Secco

    Leia Mais

Procure seu Artigo

Debate Candidatos

bannerdebateprefeitos400

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37
  • 38
  • 39
  • 40
  • 41
  • 42
  • 43
  • 44
  • 45
  • 46
  • 47
  • 48
  • 49
  • 50
  • 51
  • 52
  • 53
  • 54