Volto a escrever sobre amenidades. Recentemente, renomada Faculdade de Psicologia realizou inusitada pesquisa. Queria saber quem é mais carinhoso, o homem ou a mulher. E mais: por que uma pessoa é mais ou menos carinhosa que outra. Os motivos de tal trabalho não foram divulgados, mas apreende-se sejam para avaliar o comportamento do ser humano em suas manifestações de Amor. Concluiu-se, como esperado, que a mulher é mais carinhosa que o homem. Óbvio, não? No entanto, detectou-se que há um significativo número de mulheres que não expressam carinho, como talvez seus companheiros desejassem. Procurou-se saber as razões dessa espécie de ¨frieza¨ feminina e concluiu-se que há três fatores que a influenciam e promovem, como destaca o psicólogo e padre Paulo Ramalho:



Há pessoas que, por temperamento, são mais românticas que outras. É algo natural, não precisa de esforço. Há, porém, temperamentos mais áridos e mais frios. Mas isso não significa que não possam ser românticos. Todos nós podemos crescer e nos desenvolver. É questão de luta, de empenho. O empenho para agradar a quem amamos. Uma pessoa fria por temperamento nunca será como aquela que é afetuosa por temperamento, mas pode crescer gradativamente e com esforço;



Muitas pessoas foram educadas num clima de exigência e severidade, sem um pai ou uma mãe afetuosos, e isso faz com que naturalmente fiquem mais bloqueadas para manifestar os seus afetos e sentimentos. No entanto, também essas pessoas podem se esforçar para se tornar mais afetuosas. Mesmo que cresçam milimetricamente, cada vitória é uma grande alegria;


A rotina é um grande inimigo do romantismo. Tudo nesta vida tende a cair na rotina, inclusive o amor entre os esposos. Se o casal não cuidar, poderá ficar imerso apenas em problemas e dificuldades da vida, em conduzir uma família e deixar de lado todo o romantismo.

Como não poderia deixar de ser, os pesquisadores e psicólogos trouxeram algumas dicas para uma vida a dois, mais harmoniosa e feliz. Uma delas: o casal deveria reservar ao menos um dia da semana para estar a sós. Um dia para jantarem a sós, para assistirem a um filme. Conseguir isso é absolutamente fundamental. Se formos românticos, o outro cônjuge será empurrado também a ser romântico. E aí haverá uma troca muito gostosa, em que um animará o outro nesse sentido. Parar no romantismo é parar no amor.Afinal, como na música da Amelinha, uma mulher nova, bonita e carinhosa faz o homem gemer sem sentir dor...

София plus.google.com/102831918332158008841 EMSIEN-3
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26