Eita semana brava, a que passou! O povo viu e acompanhou o falatório repetitivo dos senadores, as discussões acaloradas em plenário, a fleuma do ministro Lewandowski, o impeachment da Dilma e a aprovação do controvertido fatiamento do que prevê o artigo 52 da Constituição, isentando com isso a ex-presidente da inabilitação por oito anos para exercício de função pública. Tudo isso tão somente em sete dias! A mudança de um dos artigos da Constituição pelos senadores motivou uma autêntica guerra jurídica junto ao Supremo Tribunal Federal, que tem a missão de julgar nos próximos dias da legitimidade ou não do ato praticado. Como se isso não bastasse, o comando do PT, também na semana passada, decidiu defender a necessidade de uma nova eleição, anulando-se com isso o governo atual de Michel Temer. Querem jogar m... no ventilador. Quanto pior, melhor!...

            Brasília fervilha! E é com esse clima que iremos comemorar amanhã o 7 de Setembro, dia de nossa independência. Mas, há algo a se comemorar? Acredito que sim. Se nas vezes anteriores era tão somente lembrado o famoso brado libertador de Pedro I, neste ano, um novo grito é dado por todos os brasileiros. É o grito da transparência e do basta à maracutaia! Nossos políticos, outrora tidos e havidos como senhores soberanos dos destinos da nação, graças à pressão popular e ação de uma imprensa ativa e independente, se veem julgados em seus atos, nem sempre condizentes com o mandato popular de que são detentores. O jogo do poder se torna a cada dia mais transparente, possibilitando ao cidadão comum a oportunidade de separar o joio do trigo, desmascarando aqueles que usam de seumandato apenas em benefício próprio. A nação está mais atenta. E isso deve ser comemorado no Dia da nossa Pátria! O povo começa a caminhar com os olhos e ouvidos mais abertos. O desfile de 7 de Setembro deste ano deixou de ser apenas uma parada estudantil e militar. Passou a ser também a maior e melhor manifestação cívica desde 1822.

            Amanhã, eu que sempre evitei paradas por julgá-las monótonas e repetitivas, quero estar nas ruas, enrolado na bandeira brasileira, mostrando aos meus filhos e netos que o Brasil tem jeito e que escolhendo melhor nossos representantes em todos os níveis do poder, iremos em breve ser a nação evoluída e humana que sempre sonhamos...

София plus.google.com/102831918332158008841 EMSIEN-3
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37
  • 38
  • 39
  • 40
  • 41
  • 42
  • 43
  • 44
  • 45