Talvez eu tenha parado no tempo, seja quadrado, alienado à moderna tecnologia, mas a verdade é que nunca tive um celular e nem pretendo ter. Não que não saiba usá-lo, pois não há muita dificuldade em fazê-lo funcionar. É uma ferramenta útil especialmente para nós da comunicação. Dispenso o celular simplesmente por medo de mim! Explico melhor: sua tecnologia é tanta que pode me fazer viciar, alienar e desligar da vida real. Isso foi observado pela minha amiga e terapeuta Amanda Dreher que, num E-mail indignado, narra o comportamento de um casal amigo quando por ela visitado: ¨Estava sentada no sofá amarelo claro, na sala da casa daquele casal querido, e conversando, porque fazia dois meses que eu não ia a casa deles. Então, quando me dei por conta, ambos passaram a olhar e interagir com o... celular… Simples assim… Quando percebi isso, comecei a contar. Passaram-se exatos 3 minutos e 25 segundos em que eles ficaram totalmente concentrados no celular, esquecidos completamente da minha presença real, física, de verdade mesmo… E aí me perguntei: o que seria tão importante para trocar uma pessoa real pelo celular? Era para acessar os grupos familiares do WhatsApp e ver o que os outros estavam fazendo… Nada necessário, relevante ou útil... ¨.

  A observação de Amanda levou-me a outros questionamentos: Quantas vezes trocamos o mundo real pelo virtual? Quantas vezes tornamos os grupos de WhatsApp mais importantes que as pessoas reais ao nosso redor? Quantas vezes sobrecarregamos a nossa mente com mais e mais informação, quando na verdade tudo o que ela quer são alguns minutos de silêncio interior? Acessando o celular, sem controle, preferimos viver ausentes que presentes...

 Estes são exemplos radicais, mas reais, que nos levam a crer que o uso contínuo e descontrolado dessa moderna tecnologia pode levar à formação de toda uma geração de alienados. Se não houver um controle disciplinado quanto ao acesso ao WhatsApp e às redes sociais corremos o risco de sabermos mais dos outros que de nós próprios, sem a preocupação de resolver os problemas quer de um ou de outro. Seremos mais virtuais que reais...

София plus.google.com/102831918332158008841 EMSIEN-3
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37
  • 38
  • 39
  • 40
  • 41
  • 42
  • 43
  • 44
  • 45