Sempre ouvi a frase: ¨pobre ajuda pobre.¨  A solidariedade entre os pobres é muito maior que entre os ricos. Prova disso pude ter no início da semana passada quando fui procurado por uma senhora, em meu programa de rádio. Pessoa simples, alma pura, de difícil expressão verbal, tomou-se de coragem e frente ao microfone, pediu ajuda para a família de uma vizinha que vinha passando por uma situação de efetiva miséria. Eram três crianças, o pai havia perdido o emprego e vivia de serviços eventuais Sem estudo e qualificação profissional, o pouco que ganhava era insuficiente para sequer alimentar a família. Mal dava para pagar o aluguel da casa. A mãe, grávida do quarto filho. Dormiam todos no chão, pois móveis não tinham. Moravam no Lins 5, na Rua Rafael Scare, e viviam uma situação deveras triste e miserável.

Logo o auxílio veio com doações de cesta básica e de uma cama de solteiro. Vi lágrimas de gratidão nos olhos de minha entrevistada. Percebi a alegria que teve em ajudar a amiga necessitada. Perguntei-lhe como faria para buscar o que conseguira, especialmente a cama. Respondeu sorrindo: ¨A gente se vira. Tenho outro vizinho que é carroceiro e eu vou pedir pra ela buscᨠ(sic).¨ Agradeceu e foi embora depressinha.

O fato fez-me pensar várias coisas: o que faria aquela família assim que a cesta básica acabasse? Voltaria à habitual situação de miséria? Já teria ou não a Bolsa Família? Estaria cadastrada na Prefeitura para receber o benefício e ainda algum outro eventual amparo do município? Na cidade, quantas famílias mais passariam por igual situação de penúria? Teria o governo local um plano para atender a tais casos? Qual a atuação do Serviço Social municipal?

Embora a caridade deva seguir o princípio bíblico que prega ¨o que mão direita faz, a esquerda não precisa ficar sabendo¨, seria muito bom fosse informado o que a Prefeitura realiza na cidade em favor da promoção dos mais necessitados. Cairia bem uma divulgação maior daquilo que sempre foi meta do governo Edgar, que vem mantendo no rádio um programa em que enaltece os princípios do apreço e da solidariedade para com os que mais precisam.

София plus.google.com/102831918332158008841 EMSIEN-3
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37
  • 38
  • 39