Em minha juventude, vivi uma época totalmente diferente da dos dias de hoje. E não poderia deixar de ser assim, não é? Foram, no entanto, tempos galantes embora de manifestação velada. A sociedade era fechada e a moral rígida devido a uma religiosidade castradora e policialesca. Falar-se em sexo fora do casamento era tido como pecado mortal. Sequer se concebia o que hoje se chama de amizade colorida, rolo, ficante e por aí vai. Mas, entre os homens da época, sempre havia um jeitinho de se cair nos braços de uma mulher além da titular ou oficial...

Muitos dos casados e outros insatisfeitos com a vida matrimonial viviam uma vida de dupla moral. Achavam que, se provessem o lar com tudo que lhe fosse necessário, poderiam até dar-se ao luxo de manter um amor paralelo, em busca do prazer e realização de suas fantasias sexuais. A esposa, a rainha do lar, mesmo sabendo dos ¨pulos¨ de cerca dados pelo marido, permanecia calada e submissa, pois ele lhe dava o necessário para o sustento da casa e dos filhos.

A grande maioria dos homens do chamado ¨povão¨ frequentava a então Zona do Baixo Meretrício (ZBM), que inicialmente funcionava na rua Diabase, no Rebouças. Depois, por indicação do vereador à época Nelson Mota (já falecido), no tempo do primeiro mandato do Dr. Rubens Furquim (1964-1969), mudou-se para um local distante, lá para os lados da estrada Lins-Sabino (hoje, Vila São João), onde funcionou até meados da década de 90, quando foi fechada pelas nossas autoridades. Aliás, seu final já de sentia com a crescente libertação sexual feminina e o funcionamento de vários motéis na estrada Lins-Guaiçara.

A fina flor da sociedade, a chamada classe dos endinheirados e coronéis do café e da pecuária, frequentava locais galantes mais sofisticados como o famoso Bar Artioli e a Cantina Joari, ambos não mais em atividade. O Bar Artioli funcionou por várias décadas, desde 1945 (auge da cultura do café), na 7 de Setembro, esquina com a Floriano Peixoto, próximo à atual Câmara Municipal. A Cantina Joari exercia suas atividades na 15 de Novembro, onde hoje está instalado o Banco Itaú.

Velhos tempos em que a vida boêmia existia em sua total plenitude em nossa cidade. Talvez nos dias de hoje a chamada boemia tenha adquirido novos contornos a serem lembrados e cantados no futuro, pois hoje e sempre o Amor está no ar!...

София plus.google.com/102831918332158008841 EMSIEN-3
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26