Funcionários e pacientes do CAIS Clemente Ferreira, além de moradores vizinhos, reclamam do mau cheiro que, supostamente, é gerado por uma empresa localizada naquela região. "Hoje, às 7 horas, quando cheguei para trabalhar, estava insuportável. Nós ligamos na empresa, falaram que em uma hora ia cessar o problema. Aqui é um hospital, eu trabalho no hospital, tem mais de 250 pacientes e mais de 600 funcionários que não aguentam mais o mau cheiro", reclamou. A empresa suspeita de provocar o mau cheiro é a Hemoprot Indústria e Comércio de Produtos Frigoríficos, que processa sangue de boi e o transforma em ração.

Matéria completa na edição impressa.

Na foto - Fachada da empresa Hemoprot de onde sairia o mau cheiro, segundo moradores vizinhos (créd. Emerson Secco)

София plus.google.com/102831918332158008841 EMSIEN-3
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37
  • 38
  • 39