Entre os seis projetos de lei relacionados na pauta de votação da 31ª sessão da Câmara, a ser realizada amanhã, destaca-se o PL 104/17, de autoria do vereador dr. Marino, que proíbe a oferta de produtos de origem animal do tipo "embutidos" no cardápio da merenda de escolas e creches da Rede Pública Municipal. O autor do projeto utilizou estudo da Agência Internacional para a Pesquisa sobre o Câncer, órgão subordinado à OMS, para fundamentar o seu projeto. A Agência concluiu que consumir 50g de embutidos diariamente aumenta em 18% o risco de câncer no intestino.  A recomendação é que os alimentos embutidos sejam substituídos pelas carnes brancas, ovos e outras combinações como arroz e feijão.

Matéria completa na edição impressa.

София plus.google.com/102831918332158008841 EMSIEN-3
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37